in ,

O primeiro Reveillon pós "fim do mundo"

Este Reveillon vai ser todo especial… O mundo não acabou e a profecia maia ficou desmoralizada diante da normalidade do “quase” fatídico 21 dezembro de 2012. Divulgaram uma tremenda propaganda enganosa e alguns mais influenciáveis, até caíram, prevenindo-se do fim do mundo – como se fosse possível. Agora que o susto passou, você vai jurar que não ficou com medo, nem estava preocupado, mas será que não tinha uma pulguinha atrás da sua orelha?

Que bom que o mundo não explodiu, não é mesmo? Estamos nós aqui, uma semana depois dessa “pegadinha” na expectativa de ver, sim, uma explosão – de fogos de artifício – na virada de mais um ano. O nosso primeiro Reveillon pós “fim do mundo”.

Mas se o fim sobre o qual os maias falavam fosse o fim de um ciclo? O fim do preconceito, fim do egoísmo, fim do ódio, da inveja, enfim, o fim das coisas ruins? Reveillon, vem do francês “reveiller”, que quer dizer despertar. Então, que tal aproveitarmos essa espécie de segunda chance – podemos também chamar de renascimento – para zerar as pendências com nossa consciência, eliminando as coisas ruins? Se todos resolvêssemos ser pessoas melhores o mundo seria melhor também. Gente, nós somos bons e estamos em maioria!

Eu sei que tem gente que acha que falar de amor, confraternização, união é piegas. Definitivamente, não ligue para essas pessoas, elas olham apenas para seu próprio umbigo, por puro egoísmo! Não podemos concordar com a banalização da falta de educação, do crime, das falcatruas, da falta de ética.  Os que agem assim não sabem, mas estão em minoria no mundo, senão o mundo seria insuportável!

Então, vamos mentalizar o melhor durante os brides à meia noite do dia 31! Pense em  valorizar mais o respeito, ética, amizade, família, coisas simples, que em geral nos esquecemos, ou nos passam despercebidos. Estes, sim, são valores que nos fazem homens e mulheres de bem, tornando o mundo em que vivemos melhor a cada dia.

Durante o ano, continue adotando comportamentos éticos, faça da educação um hábito diário, desde não jogar lixo nas ruas, até cumprimentar e sorrir para um estranho no elevador. Faça gentilezas gratuitas, cultive o amor ao próximo e o bom-humor, não queira sempre ser o dono da verdade!

 Estamos numa época de festas e este fim de ano, podemos refletir sobre tudo o que passamos, fechando esse ciclo, basta querermos. A minha expectativa é de novas possibilidades no ano novo que se aproxima e a sua? Otimismo, boa vontade, superação podem passar a fazer parte de nossas atitudes no ano novo. Seja muito, mas muito feliz em 2013!

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os Abutres

Pierre Hardy e sua loja virtual