in

Ei, José Mayer, tu-não-me-engana-não

63580475_Ator-Jose-Mayer

Todo mundo sabe. A  namoradinha do Brasil é (ainda) a Regina Duarte. O José Mayer é o nosso ilustríssimo comedor.

Mulher, meiga, orgulho nacional. Homem, ogro. Um estátua pro pau.

Todo mundo viu – e riu – quando o Casseta e Planeta transformou o Mayer numa espécie de mestre Yoda da virilidade masculina. Todo mundo viu – e aplaudiu – o troféu de “José Mayer Garanhão” no Vídeo Show.

Assim, como se machismo não passasse de uma brincadeira lúdica (porque machismo no lúdico dos outros é refresco).

Assim, como se mulher não passasse de uma coisa pública ( porque feminismo no público dos outros é exagero).

Mas tem uma coisa muito doida acontecendo nessa movimentação frenética dos planetas.  O mundo mudou. A gente evoluiu com a pressa de um cometa.

O José Mayer, isolado em sua estrebaria, não viu. Não viu que passar a mão na vagina da coleguinha virou coisa meio crime-démodé.

A moça assediada pelo cara da TV foi a público contar o que passou. A turma defendeu o caráter ilibado do ator, como se dormisse todos os dias com ele e conhecesse até os buracos de suas meias.

E o que fez o moço de quase 70 anos? Disse que a figurinista Su Tonani estava um pouco que mais ou menos que  redondamente enganada.

A gente achou graça. Graça porque todo machista se defende com um discurso igual: “Eu não falei bem aquilo. Eu não usei aquele tom. Eu não tive aquela intenção. Ela está enganada”.

Enganada? Logo a gente? As rainhas do “tu-não-me-engana-não?”. Logo a gente, que se engana com a cor no vidrinho do esmalte; que se engana com a consulta no ginecologista e  o último dia da menstruação? Logo a gente, que se engana com o troco, com creme rejuvenescedor e com as calorias do pão; logo a gente, que se engana com o peito da última mamada; que se engana quando quer mesmo ser enganada, mas que não se engana-nada quando pressente que o galã é um baita vilão.

Entenda o caso: http://oglobo.globo.com/cultura/revista-da-tv/entenda-caso-jose-mayer-acusado-de-assedio-por-su-tonani-figurinista-da-tv-globo-21158756.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Força do Querer: primeiro capítulo ágil e sem extravagâncias deu o tom certo à estreia

Conta mentirosa